quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Tão sozinha...






Eu tive medos naquela tempestade

Daí você me vem e me abraça
Tudo passa...

Você foi embora...
Esqueceu de voltar...
Eu esperei...

E quando percebi que já 
Não ia mais voltar,
Chorei...

É assim que as coisas funcionam
Quando você ama tanto, e não sabe dizer adeus.

Tive medos naquele frio da madrugada
No coração vazio, cheio de dor agora...

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Ocultos...


Não é como se não quiséssemos sentir;
Mas, como tentar, de alguma forma
Estar presente sem ser percebido
Mesmo que em forma de versos
Ou mesmo na forma de um objeto
Mas, o que queremos de fato
É apenas, estar presente na vida um do outro...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Saudade...



A saudade irrompe as barreiras de sentimento mútuo
transforma em alegrias
quando nos vemos, enfim...
A saudade me dá alívio instantâneo na medida 
que me encontro contigo
Ela me dá o que preciso na hora certa...

Saudade...saudade mútua...estranha
Saudade essa que me mata sem saber...e revive quando não peço
me dando o que necessito pra viver...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Prazer absoluto...




"Ela subiu as escadas, e adentrou-se pelo quarto, ainda sufocante do desejo ali contido de horas atrás, debruçou-se sob a janela, e apenas observou as estrelas, ainda era noite, olhou ao além, nada viu apenas sentiu...então fechou-se os olhos, e continuou a vagar pela imensidão, e ali, naquele vago momento, em meio a escuridão, sentiu o gozo na garganta, e então, vibrou...e, nas mãos agora, um rosto, uma face que conhecia bem, sentiu aquele beijo tocar-lhe os lábios, e a pele de sua cavidade muscular...então, ela se rendeu mais uma vez...desejando queimar naqueles braços novamente..."

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Domínio insólito...




No sopro da noite;
Calado, impreciso
Inquieto, sombrio
Delirante, às vezes

Somos tão loucos e incompreendidos
Dentro das noites;
Mesmo que sejamos insólitos dos desejos
Mesmo que a noite não causais  frescor algum

Seremos apenas nós, e a lua...
Naquele sopro de sentimento
Naquele frio na espinha
Naquele beijo molhado seu;

Somos tão inconseqüentes que
Lua mente na gente
Atrai e entorpece
Delira e desmaia nos braços dela em si;

Não cantas, nem sonhas
Não sentes, não dormes
Apenas deixa mentir nas noites
Caladas de desejos insólitos nossos...

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Inconstante...



"Eu sou toda romântica, poética e sensível. Não sei fazer drama, nem sou fiel, traio minha consciência, em busca de descontrole absoluto. Na verdade não sou esperta, não sou tentadora. Crio problemas com o acaso, visto-me de tempestadee tento criar medos...Sou uma confusão ambulante, delicada nunca fui, distraída sempre. Mas, sou uma pessoa que tem sentimentos, mesmo sendo frustrada do amor, perdida na impaciência, incógnita da verdade, sou simplesmente rebelde da aparência. Tentando decifrar o destino desse mundo, e encontrar um lugar seguro..."

domingo, 6 de novembro de 2011

Eu tenho luz própria





Eu me faço simples e eterna
na presente memória de vida
contando e inventando
se dissipando na multidão de ventos

Me conto no espelho da alma
que me perdi nos tenros momentos
e, me fortifiquei na verdade soberana
me deixei escapar dos sonhos pra realidade;

E agora me vejo na estranha multidão de pessoas
Meu lugar não é aqui, minha terra não se fortalece 
Minha alma se condena nesse mundo
E me, [pré]vivo onde não se há luz.

sábado, 29 de outubro de 2011

Momento perfeito



Meus olhos enxergam a verdade que tu passas
As escolhas me movem até você
Eu somente sonho com os olhares em mim;
E a sua voz dizendo o quanto sou linda

Ah! Mas isso você já o faz perfeito
Eu presto atenção então nas curvas perfeitas do seu rosto
Me prendo nos detalhes do seu corpo
Desarrumo o cabelo, me jogo na cama

Espero você chegar toda linda na moldura perfeita dessa cama
E num toque do seu beijo
Acordo e entrelaço-me em seu corpo


Soluço-me no desejo árduo de te sentir em mim
E na cama eu me realizo em seu prazer
Dentro do íntimo desejo de apenas ficar...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Sorrisos...


É sorrisos agora
Abraços depois;
Vicio de beijar
Amar e depois deitar...

É somente tempo de ir
Sonhar no caminho
Realizar ao chegar
Viver enquanto estamos...

É um tudo de querer estar
De sair correndo e te encontrar
Mover os pés na sua direção
Olhar o que tem de belo em você...tudo

É sorrisos e caminhos claros
Amor de amizade
Verdade de sentimento
Transgressão de pensamento

É sorrisos e você...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Entendendo o porquê...




Tão despreocupada
Nem sente a brisa da manhã
Nem tão pouco os raios de sol
Entrando pela janela

O vento batia na cortina
Empurrava-a, e deixava lançar-se
Nas curvas finas do corpo
Beijava as costas frias, do vento que batia

Fazia frio,
Hora calor
Minha mão suava
E eu transpirando de desejo aqui...

Sem o seu corpo no meu
Eu entendia agora a cama vazia toda manhã
Mas as janelas abertas ao sair
Me queria fresca e nua ao voltar...

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Descuido...e...Sorrisos



"Eu pus meu coração naquela janela, para apenas tomar um ar, ele se descuidou e caiu no chão, era alto de onde estava, se machucou, sai correndo para resgatar, e descendo as escadas, ele começou a bater tão forte, e cada vez que eu me aproximava da porta, mais ele batia forte;
         Quando eu abri a porta e vi aqueles olhos, senti-me tão feliz por ele ter caído bem ali, por sorte o coração não se machucou, antes que pudesse atingir o chão, alguém o salvou;
         Então ele sorriu de volta..."

sábado, 15 de outubro de 2011

Não vou mais esperar...Porque...






    "Hoje eu tenho razões pra dizer que eu amo alguém; E como amar alguém que nem mesmo te tocou? nem beijos você ganhou... são somente palavras que nos tocam... tuas palavras doces e serenas que agora se tornaram meu porto seguro; eu sei que para os seus braços posso correr, quando tiver medo... e nos dias frios de tempestades você então, me aquecer... Meu anjo, és você agora a razão para viver e respirar Então, quando você estiver sentindo minha falta, apenas olhe para o céu e cada estrela que olhar, sentirá a força do meu beijo em você..."

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Tempo pra tudo...menos chorar!




Caros amigos poetas aqui venho maravilhada aqui dizer que um blog novo de um amigo é tão cheio de sentimento,e peço gentilmente que o siga porque sei que vocês assim como eu se apaixonará pelas letras escritas com tanto amor e carinho. Chá com Silêncio


No fundo sei a resposta
Mas tenho medo de entender
Às vezes prefiro esperar à ter que
Descobrir direto...

Não devo ser assim, sei disso
Mas, agora, tenho medo,
Eu posso esperar pelo “sim” dele
Mas, por quanto tempo esperar?

Ele me busca com os olhos
Me procura se eu não estou
Lê minhas mensagens
E meus pensamentos

Decodifica todo sentimento ruim
E me transporta nas suas asas
Então, porque estou sendo boba?
Então, porque não estou com ele agora?
Não desisto de quem ainda não desistiu;
Apenas dando um tempo para que ele pense...
Dando um tempo para que ele sinta minha falta...ele sente

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Preciso falar...



“Precisava de espaço, caminhar e dizer algumas palavras…e quando precisei te ouvir, você se calou…”
Alguém, me ouça agora!
Digo palavras para o amor da minha vida!

Hoje acordei dialecto, cheia de palavras amorosas
com um só sentimento no peito
Fiz poemas mil, apaguei-os
ninguém os leu, somente eu…
Mas, hoje meu amor se tornou obrigatório
preciso que ouça essas palavras
Mesmo que depois vá embora sem dizer uma palavra
Cantei nas sombras do meu coração
viajei nas lágrimas deixadas cair dos meus olhos
eternizei o momento de nós dois há anos atrás
Então chegado esse momento, não esperarei,
não deixarei tu passares, sem antes me ouvir…

Queria apenas uma resposta, um “Beijo”
Queria apenas o “depois” não importar
Queria o “passado” não se entrepor na nossa vida
Queria agora apenas desfrutar desse momento junto de você “meu amor”

‘Querer não é poder”, mas podemos tentar querido, só me dê sua mão e me acompanhe…

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Conexão





Sabe naquelas horas de desapego, somos tão contrários assim, a ponto de  nem nos encontrar mais?
Quando as pessoas se conhecem elas estabelecem um vinculo que ninguém consegue explicar, e um simples fato que acontece assim, somos ligados, não por sangue, nem por parentesco nem nada disso, mas, pela afeição que nós dois conseguimos estabelecer, essa afeição não se vê, não se pega com as mãos, mas, se sente com o coração, e se vive com a alma.
       Nossas vidas de alguma forma permanecerão ligadas, mesmo que nos separemos por décadas, existirá essa linha invisível entre nós, nossa amizade construída ao longo dos anos, as lembranças que passamos juntos debaixo da velha árvore de cascalho, ou quando as chuvas que tomamos nos permitiram estar  juntos, molhados, mas, juntos naquele momento...
       Vidas que de acordo com nosso tempo de vida juntos, permitiram perfeita conexão.

domingo, 2 de outubro de 2011

Meu amor por ti, não se acaba...




Eu ainda anseio por aquele beijo
Mesmo que possa parecer criança esperar;
Meu coração se aquece quando está por perto
Mesmo que seja ilusão te esperar
Sei que sentes algo por mim
E tens medo de falar-me...

Se ainda sentes algo meu amor
Não tenhas medo, venha falar-me
Sabes bem que eu o amo
Sabes bem que não há ninguém em meu coração
Alem de ti
Sim, eu te amo meu amor...

Ainda anseio pelo abraço
Pela voz em meus ouvidos
Estranho eu pensar que você
Possa me amar desse jeito
Não te conheço
Não sei nada a seu respeito
Apenas que é amigo de alguém
Próximo a mim

Fico assim quando te vejo
Sem ar,
Sem o chão
Sem a respiração
Fácil dizer que agora me sinto bem
Porque apenas estás presente,
Estranho eu ficar assim sempre que aparece
Estranho mesmo é eu te amar dessa forma
Mas meu coração é assim
Ama mesmo que não o amem...
Sei que um dia ele encontrará alguém que o ame igual
E espero ser você...M...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tão calma e serena eras tu....és...





Essas próximas palavras dedico à alguém muito especial cuja minha vida foi a melhor ao lado dela., por durante dois anos desfruteis de belos momentos ao lado da pessoa mais maravilhosa deste mundo..Minha Avó ou como gosto de chama-la, “bachan”, vive eternamente na minha lembrança eu te amo.



“Sentimos tanto o frio desse olhar
que ficamos doente de pensar
Quando se cruzam parecem dois estranhos
e na parede desse quarto emoldura nossos sonhos agora...”

Sentimos essas coisas agora, e você me fala:
ficará bem logo logo...

Depois você vai embora
essas horas sempre me lembram o quanto fui amada
o quanto ouvia palavras doces...
Não está mais presente.... sinto sua falta...

Essa perda foi a mais difícil
saber que não a verei mais,
entenderei as coisas de outro modo agora
e quem irá explicar...vácuo...vazio...

Sentir... sou forte agora, sinto saudades mas logo passa
sinto a dor agora, mas você me ensinou a sobreviver sem você também
assim como me ensinou a sempre te amar...

terça-feira, 27 de setembro de 2011

A verdade é que...



"Eu sempre olho o céu e espero ver seus olhos nele;é normal agora sentir o que sinto agora, saber que hoje seus olhos me encaram fixamente, é bom ver que seu sorriso me parece sincero; sentir o calor dele me faz bem agora, só espero que me pegue logo no colo e acaricie-me..."

sábado, 24 de setembro de 2011

Escolhendo caminhos...





Vamos partilhar nossas coisas
Escolher nossos votos
Encontrar lindas alianças
Escolher nosso destino de amor

Vamos colher os frutos desses anos
Completar nossa história
Vamos viver e apenas sermos felizes
Completando, se amando...

Partilhe comigo essa nova história
Descanse comigo nos finais de semana
Passeie comigo nos momentos de folga
Ligue pra mim, mas isso você já o faz

Eu quero assim pra sempre estar
Nos seus braços e de mais ninguém
Porque minha mente entende a sua
Meu coração te abraçou e não quer soltar mais

Então, vamos apenas partilhar dessa nossa
Nova vida juntos
Porque não se constrói uma vida inteira só
E eu não inventei isso,

Meu amor! Fale baixinho enquanto se arruma
Cante antes de sair
E me beije na testa
E diga que me ama e seu dia se completa comigo

Eu sou sua irresistível paixão
Eu sou sua amante nesse quarto
Não há como você se enjoar de mim
Sou muitas numa só...e sou somente sua.