terça-feira, 26 de novembro de 2013

Toda a Verdade, mesmo que doa...





Você foi embora, e deixou rastros...
O que foi que mudou?
Porque algo mudou entre nós e não minta, não nos comunicamos como antes, não sei mais ler seus pensamentos, não sei ver mais em seus olhos, ó espere, não nos vemos, não vê meus olhos, espero que o que passamos, te sirva de consolo, porque nem ao menos tivemos uma chance juntos, ou pelo menos um momento sozinho, espero que com toda essa sua dor, sinta um pouco a minha...
Se eu não te contei todas as partes do meu dia, se eu não disse o que acontece comigo, me entenda, não porque eu não confie em você, mas porque eu mesma não sei me expressar como se deve, no meu entender, sou idiota de incomodar as pessoas, com as minhas palavras, esqueci de ver que você se importa comigo, que o que queria era só me ouvir, sou culpada sim, culpada de não saber entender os sinais, culpada de não saber o que eu tinha nas mãos era valioso e não ter dado o devido valor, culpada em muitas coisas, mas não sou culpada de amar, em segredo, sim, sou culpada, de deixar você saber tarde demais, mas não me culpe por erros como esse, me culpe por não estar na sua vida agora...
Falando da culpa, qual é a parte da culpa que te cabe?
Quando amar for fácil, ele virá com um manual de instruções, mas faz parte do processo natural “viver”, ser feliz, e na felicidade estar presente momentos de tormenta, faz parte sofrer, mas não faz parte, querer guardar todo o sofrimento pra você, parte de mim, está com você aí, mesmo que não acredite, deixei muitas coisas na minha vida por você, por medo dos seus pensamentos, por medo que eu não fosse aquela dos seus sonhos, mas acabei que nem nos seus sonhos, nunca estive, não é mesmo...eu pisei no meu próprio orgulho, pra gostar de alguém, que eu nunca imaginei gostar, sentir o que eu sinto, e não poder alcançar...
Tanto que agora estou perdida em pensamentos, perdida nas horas, mas principalmente perdida de você, mesmo quando quero te ligar e conversar, você nunca me atende, e tudo fica tão escuro, por não conseguir ver mais nada, acabo indo dormir com a parede na minha frente, esperando que ela me console, mas de tão fria que ela está, me tornei mais fria quanto ela, esperando apenas uma resposta...
Eu não sei o que você pensa de mim, e até hoje, nenhuma palavra foi pronunciada, esperei por um momento à sós contigo, mas esse momento nunca chegou, pra minha decepção e dor, não fiquei surpresa com isso agora, apenas mais uma decepção e mágoa no meu coração, porque só esperei o impossível de alguém que não sentia o mesmo que eu...

Então, isso é um adeus, não é mesmo?

Só espero que você fique bem...

domingo, 3 de novembro de 2013

Mesmo nas diferenças...




Uma pequena fração de mim
Descobre o sentimento por ti
Vivente de séculos
Mórbido dos termos difíceis da vida
Mas não desesperador à ponto de parecer morto
E nos termos mais difíceis, somos dois estranhos
Mas nunca totalmente esquecidos
Se cometermos os mesmo erros futuramente
Somos imunes as consequências
E não seremos capazes de terminar, pelo mesmo motivo aparente
Porque somos dois adultos
Adultos tem seus dias de crise
E assim vivemos

Um dia de cada vez...

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Apenas traços do que já se foi...





Meus beijos e abraços se perderam
E não importa o que eu faço
Sei que não estou sendo o bastante
E que você se perdeu de mim

Mesmo sabendo das perdas
Dos momentos que fracassaram
Continuo à pensar
Em nossas vidas seladas

Quando encontrar-se, me ame
Quando não fugir-se, me veja
Quando não quiser mais a solidão
Então...fique

Apesar dos momentos, somos o que somos
E somos eu e você
Mesmo distante, agora
Somos o passado e o futuro

Que vive o presente, semeando esse futuro...

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Eu acho que fiz o certo...




Fiz seu coração bater forte, e você me fez sofrer fortemente...
Eu quis entender a razão, e você mentiu...
Qual a verdadeira a razão de estar apaixonado, e porque temos que não ter controle das coisas?
Às vezes penso que tudo isso é errado, que não devemos nos apaixonar, por quem não merece, mas não mandamos no coração, e se mandamos, ele nunca obedece.
Mesmo que a paixão seja algo bonito, de verdade, não consigo ver nada de belo nessa situação.
Amar, e sem ter o coração correspondido por aquele que sempre amou... parece uma bela maneira de dizer "adeus" ao mundo real.
Na verdade, essas pessoas não sabem mesmo, o significado de amar, ou de sentir a paixão, "só dizeres que "te amo"", e ela fica toda derretida, mas e o que aconteceu com a parte do romantismo? As pessoas não sabem como tratar umas as outras, e só para benefício próprio, isso não se chama romantismo, e sim machismo.
E gostar de alguém, está ficando cada vez mais difícil, nos tempos de hoje, se apaixonar está mais pra um "negócio", e não uma maneira de descobrir o amor, as pessoas pensam sempre na parte financeira do sentimento, o que irão ganhar com isso, e o que vão perder se, se apaixonarem perdidamente...
Se, se apaixonar pode ser esse "negócio", vender o corpo nas ruas, não parece ilegal, nesse mundo capitalista e sem romances...e dizer eu "te amo", para qualquer pessoa, não deve ter importância...
A verdade é que, as pessoas perderam a essência de um dia o que foi se apaixonar, ou entender o que significa amar, e preferiram manter-se à margem do dinheiro e sem romantismo, do que preferir, as mãos dadas, os beijos de carmim, ou o abraço durante a noite, sem falar nada..


Vamos jurar agora ter mais sentimentos, ter mais promessas de dias de frio juntos, de não partir corações por dinheiro, ou qualquer outra coisa, vamos desistir da ideia absurda, de ser friamente calculista em relação à o amor....e vamos apenas vive-lo como se deve, livre e despreocupadamente...

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Talvez, não seja assim tão fácil...




O que é partir sem explicação?
E porque partir, se você mesmo disse que era amor?
Quais as razões de você ser apenas mais na minha vida?

Sabe, por dias pensei que você fosse mesmo, tudo o que eu mais queria na vida, mas aí, descobri, que a razão de eu estar assim, era porque eu não queria me desapegar do fácil, e querer me confortar com a realidade falsa.
Mesmo nesses dias eu tinha plena consciência das minhas capacidades mentais, mas preferia entender como funcionava seu coração, sua mente...e parecia que bastava, mas só parecia...
Desde os tempos mais remotos, eu tentava ser feliz buscando um pouco que seja do seu amor, seu carinho, mas sabe o que eu mais consegui alcançar? Apenas um pouco da sua amizade, assim pensei que era verdadeira... mas nem isso.
E nem tudo era o que parecia ser...mas tudo parecia ser, exatamente o que queria...
Mesmo nas sombras, e na parte mais escura do meu coração, eu procurei você, mas nunca veio de verdade, não é mesmo...
Espero sinceramente, que se houve mesmo, alguma verdade em seus sentimentos, se declare, porque morrer tentando descobrir isso, só não consigo mais fazê-lo...
Espero sinceramente, que se você não me amou como deveria, mas sente que fez algo errado, ressarças o erro, ou pelo menos tente não fazer outra pessoa sofrer...

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Não somos perfeitos.






Nem sempre ganhei tudo que queria, porque nunca fui do tipo de me importar com os outros, e só queria ficar solitária, mesmo no escuro, eu me sentia aliviada...sentia...

Nem todas as palavras me confortam
Nem todos os abraços me dão segurança
Nem todos os beijos foram promessas
Mas tudo se encaixava num fato
Pessoas erram, erram nos seus sentimentos
Erram na sua vida
Brincam de ser felizes e partem
Nem todos os arrependimentos foram sinceros
Nem todos os momentos que tivemos foram nossos
Nem uma sombra foi a verdade dos sentimentos
Não consegui controlar nossas mentiras
Me perdi em cada pensamento falso
Em cada vazio desse olhar
Me tornei mais amarga
Menos doce, mais intensa
Não fiz carinho, e não sei fazer
Sei contradizer na verdade
Sei mentir pros olhos atentos em mim
Nem todas as palavras bastaram
Nem todos os beijos me calaram
Nem tudo que foi feito, bastou
Porque eu continuei à sentir
Eu continuei a viver na mentira de te amar
Porque o que tínhamos, não era tão forte
Apenas uma passagem da vida
Mas continuei à sentir o que parecia verdade

Porque naquele momento...sim...eu te amei, e não era mentira.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

é só uma coisinha boba...






O que fazer com coração que nunca sabe o que quer...

Preso num amanhecer
Dentro da escuridão que é teu olhar
Mesmo tendo na luz um conforto
Estamos condenados à escuridão da tua alma

Não sou egoísta, nem pessimista
Sou realista, aceitando suas condições
Evitando meu sofrimento (mentira)
Minto pro coração, assim como você mente pra si mesmo

Mesmo eu sabendo da verdade
Não posso confessar-te
É preciso você aceitar

Evitando a verdade
Não sou eu quem mais sofre

E sim...você.

O que seria melhor?







Tento na maioria das vezes expressar meus sentimentos, aquelas palavras que possam tocar seu coração, mesmo que elas sejam tão tortas, tão sem nexo, tão sem...sem nada.
Só que eu só tento ser aquela que pode te dar sorriso, um ombro amigo na madrugada, uma conversa para toda hora, um abraço que acalma, mas o que eu tenho nesse momento?

Talvez esteja amontoando tudo num canto só, esperando que você veja, ou eu esteja fazendo isso, para juntar num monte de lixo depois...aí, nem eu mesma sei o que eu to fazendo com tanta coisa dentro de mim, eu espero que você perceba as coisas desse coração, ele é louco, insano, nunca sabe o que faz, mas só tem uma coisa que ele faz, sabendo 100%, é amar você.

sábado, 10 de agosto de 2013

uma coisa a mais






Um dia você espera que volte;
Que volte as sensações de borboletas
Que volte os momentos de emoção
Ou que volte os ganhos de uma noite
E tudo que está voltando
É só as tristezas e os tempos ruins
E as lágrimas derramadas
E os momentos que você prefere passar sozinha
E fica sempre tão rodeada de pessoas incomodas (incomodadas)
Preferindo então voltar pra terra
Morrer...ser esquecida...as pessoas te lembram
Quando você não tem a intenção de ser lembrada
Aí você precisa daquele gole
Daquela dose de mundo adulto
Do transporte que te leva pra vida real
E que você se depara no escuro
Sendo bêbada e insana, temperamental e sem juízo
Mas sendo aquilo que quer
E então descobre que ninguém te entende
Nunca te entenderam de verdade
Você foge, você quer gritar com elas
Quer expulsá-las da sua vida
Fica sozinha
Fica esmagada no sentimento afoito de ficar em silencio
As pessoas só te cansaram
Assim como amar te cansou
Não é perder a esperança, é acordar para a realidade
É saber o que pode sim te machucar mais
E aquilo que não pode
E o que você pode mascarar com tanta dor
Pode te custar caro, mas você tem que passar por isso
Pode amar?
Pode
Pode escolher também
Mas você só não pode mais fugir
Pode encarar as pessoas e aos gritos expulsá-las?
Talvez
Mas você pode só ignorá-las
O silencio mata mais


quarta-feira, 31 de julho de 2013

acho que amo...ou seja algo qualquer




Talvez eu o ame mesmo...
Ou só seja dor de barriga;

O fato é, amar não é mais a questão que me tira sonos durante a noite, e sim me deixar assim, sem um chão, sem saber como agir, é como se eu fosse uma criança novamente, nunca sei a hora certa de falar, e quando falo, nunca são as palavras certas.
É amor? Ou pode ser aquela sensação de desconforto que te dá abaixo do estomago, sabe, aquela que te manda direto pro banheiro.
Aí quando você aparece, fica tudo assim, embaralhado, tudo confuso, e eu nem sei mais onde estou, só sei que é assim, amar, mas você não saber disso, está me tirando as poucas coisas que tenho.
E se eu falar o que sinto? Se eu for dizer pras pessoas que eu o amo.
Não tenho que falar pra todo mundo, só tenho que fazer você saber disso, não é mesmo...
Não importa quem vai saber, com tanto que você saiba.
Então é amor mesmo, e não só aquela sensação de desconforto abdominal, não é mesmo...

Mas preferia que fosse dor de barriga. Pelo menos passaria logo...acho.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Talvez..eu...goste mesmo de você né...





Se eu disser que gosto mesmo de você?
E se eu disser que comecei a gostar de você, assim, meio que de repente, meio sem querer, e ficava sempre te olhando a cada vez?

Acho que deslizar as mãos por seu cabelo, não seria tão ruim
Nem deixar que nos abraçássemos ao acaso
Talvez não fosse má ideia deixar rolar
Ou talvez fosse legal a gente conversar...

É assim, gostar de alguém? Esperar que você me olhe, mas não olha (falsas esperanças)
É assim, tentar sentir você, e tentar chegar perto de você, mas ter medo da sua reação;
É assim, querer que você apenas abrace, mas não abraça...
É sufocante esse jeito de gostar, ai me falaram pra eu falar com você de uma vez, assim não me sufocaria mais, mas tive medo, porque talvez eu seja boba, (sou)
Gostar tanto de alguém que é possível se sufocar, se eu disser que gosto mesmo de você, e que nem sei como aconteceu, o que você faria? Queria que você não fugisse se eu te dissesse, mas, se fosse eu...eu...fugiria.
Preciso pensar em outra coisa, pensar em você está doendo, sei lá, só está pesando algo, que parece com a culpa de alguém, por ter feito algo errado, e eu sei que nada fiz de errado, apenas estou gostando de você.
Nem sei como agir na sua frente, só sei ficar ainda mais boba do que eu já sou, sei nem mesmo andar direito, nem mesmo respirar, eu sei que eu só queria ver você, fazer de tudo pra encontrar o que os olhos querem ver, mesmo que esteja com outra pessoa, mas ai isso me cortaria mais o coração, (não quero isso)
Mas só precisava te ver, e agora a saudade é grande, porque continuo querendo te ver...
Não sei se é amor, mas amizade somente, eu sei que também não é, e continuar do seu lado só te olhando ir embora não consigo mais, e ficar parada também, sem fazer nada, é desperdiçar a vida.


Talvez você não saiba mas, você foi a inspiração pra esse texto. 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Tudo mudou, não é mesmo?




Se lembra de quando a gente, chegou um dia à acreditar
Acreditar que tudo era pra sempre
Que tudo iria ser perfeito
Pois é, não foi nada do que havia me dito
Nada, nenhuma palavra soou verdadeira
E quando a gente chegou à entender coisas
Coisas que jamais aconteceram
Se lembra de quando fomos namorados
Se lembra de quando tudo que me disse fostes humano
E talvez se lembrará de quando a gente brigava
Ou de quando a gente nunca se entendia
Se lembra das conversas aos gritos
Do silêncio que nunca existiu
Ou de quando fomos interrompidos por uma noite especial
Quando você calou-se
Quando deixou que eu pudesse sentir
Ou que eu apenas não exagerasse nos fatos
Pois é, eu queria voltar ao passado onde tudo era assim
Onde eu podia ser o que eu queria
Onde mesmo nas palavras amargas
Existia amor
Existia paixão

Existia o que não existe mais...amizade.


terça-feira, 11 de junho de 2013

Na noite ser tudo...




Podia parecer uma mulher da vida, podia ser que seria;
Não ouve um olhar sequer, não ouve uma palavra
Apenas silencio, tudo calaste ao teu passar
Emudecidos nos desejos intensos dessa mulher

Ela poderia ser aquela mulher de esquina
Que uma noite apenas basta para teu prazer
Mas confessando-te na cama macia
Nunca ouve mulher nenhuma tão intensa e voraz

Poderia ser uma mulher da vida
Prostituta, cadela, vadia
Não valeste nada para os outros

Mas para mim tu valeu por cada prazer dizimado ...

terça-feira, 28 de maio de 2013

esperança ♥





acreditar no que amamos
nos traz benefícios
traz uma esperança acesa
traz um amor pra perto

esperando uma estrela brilhar
no caminho certo para trilhar uma história
partindo para direções distintas
com os mesmos propósitos

encantando modéstias
gostando de alguém
sofrendo
sorrindo...

porque é assim que eu vou vivendo
com coração partindo-se
mas vivendo sorrindo

e tendo ainda mais esperança.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

coisas que estão quebradas, possuem conserto






Percebi que algo dentro de mim não se encaixa, algo que em mim eu achava ser certo, achava que estava perfeito, não havia necessidade de mudanças, hoje percebi que estou quebrada, e me julgo nesse momento como alguém “sem conserto”, essas emoções que se misturam em um mar de revoluções, tem horas que desejo tanto desaparecer....um dia...
Então eu paro para pensar em quem mora no meu coração, em quem quer estar sempre ao meu lado, naquele que me quer da forma que eu desejo ser...ele pede pra ficar...eu fico
Mas me sinto confusa e perdida, me sinto como se não conseguisse mexer nada; eu só queria que as pessoas parassem de confundir tanto, de me confundir, não sei mais quem é real e quem não é, apenas sei daquele amor que povoa meu coração, aquele amor que não vai morrer nem se passarem mil anos, porque a gente não tem certeza de quem é nosso verdadeiro amor, mas quando ele decide ficar, você só aceita  e vai...
Mesmo que nesse momento eu esteja tão triste, tão estranha, tão confusa, a única coisa que ainda permanece clara e viva, é o amor que eu te sinto, meu porto seguro...
Talvez você é a chave de eu conseguir me realinhar novamente, então pega minha mão e me guia...

Ps: isso foi para uma querida amiga, que eu prezo muito por sua amizade, não quero ver ela sofrendo em nada, e que ela encontre o que procura, naquele em quem pode se apoiar sem cair...

domingo, 12 de maio de 2013

Só a realidade constrói





Suspiro do anoitecer.

Eternizando desejos
Aleatórios de tormentos
Sedentos de olhares
Perdidos no escuro que te cala...
Perdi tantos dias e tantas noites
Perdi muitas vidas, perdi um ímpeto desejo
Aquele que me foi o profundo de sentir
Acho que todos nós procuramos uma forma de sentir
O que não queremos
Mas acabamos por sentir sempre a mesma coisa...
Às vezes o mundo sempre acaba sendo a mesma coisa de antes
Não impedindo que você viva em frente
Mas sendo a realista sincera
Eu digo a verdade, mesmo ela sendo cruel
Porque na verdade não estamos nem ai
Não queremos aqueles castelos encantados
Nem as mãos entrelaçadas
Nem mesmo os beijos sinceros no escurinho
Só queremos a sede de viver aquele momento
Queremos o mundo de cabeça pra baixo
Queremos calar o mundo
não verdade, queremos gritar no mundo, que o munda saiba da nossa existência...

e assim calamos, enfrentamos, deixamos passar
mas permanecemos os mesmos de antes,
as mesmas crianças
as mesmas pessoas felizes, com pensamentos
com histórias, com intuitos
com expressões e atitudes
e alguns poderão nos repreender, mas somos o que somos
aquele que você não vai conseguir ser por mim...