terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

pense em algo



seja o tipo de mudança positiva que verá futuramente, seja algo que não vai conseguir explicar para seus filhos futuramente, mas que vai conseguir dar-lhes atenção necessária.
seja o lado positivo da pilha de alguém;
mude a rota, e volte se for preciso, mas não esqueça de caminhar na luz;
contrate um bom humor pra sorrir de vez em quando, seja o abajur da sua escrivaninha, ou de sua cabeceira, esteja sempre presente;
volte o caminho e o cubra  com sal grosso, adormeça na sombra, e evite sol na cabeça, porque ele faz mal;
aconteça o que acontecer, saia da rotina e fique louco às vezes, saia na rua de samba canção e camiseta, corra na chuva, (não está chovendo) improvise a chuva;
e viva, mas viva de acordo com seus passos, apenas obedeça sua cabeça e siga seu coração...ele aponta a felicidade.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

desabafando...


Se a gente não percebe logo de cara as coisas boas da vida, acabamos por perder as melhores fases...
Às vezes é preciso um empurrãozinho para que possamos enxergar, ou mesmo a intervenção de algo ou alguém.
Mesmo que esteja na nossa frente, ficamos cegos por alguma coisa, que tenha acontecido ou esteja acontecendo...
O lado bom da vida, consiste em não perder os detalhes que vão fazer você sorrir mais, se divertir mais, ser você por mais tempo que o necessário, ter a sua vida em controle absoluto.
Ver o lado bom das coisas, é ter no mínimo um raio de esperança, permite que você esteja no controle, e se identifique na multidão que o cerca.
As pessoas à sua volta vão dizer que não, mas você vai lutar contra, não porque quer contraria-las, mas porque acredita em si mesmo...
E se viver não for o bastante, ainda existe a possibilidade de mudanças, fazer algo diferente, você passa a vida inteira acreditando que a mudança em si mesmo, é por ela, e descobre que tudo isso, foi só por você...
Conhecer ela, não foi errado, foi “acaso”, ela entende você, assim como você a entendeu quando a viu.

Deve soar estranho pra você estar lendo tudo isso, mas pra mim, soa como uma segunda chance do destino pra nós dois...é só deixar acontecer.