sábado, 24 de maio de 2014

Crônica de uma menina em prantos..




Que o meu mundo comece aqui, ou que tenha algum sentido tudo isso, que pelo menos eu não sofra tanto, como já sofri, mas posso ser sincera? Se eu pedisse mesmo, pra não sofrer, que sentido teria a minha vida nisso? É um fato eu querer não me machucar tanto, mas é um fato ainda maior, eu perceber que todos esses ferimentos que a vida me presenteia, faz parte do processo natural "vida", se eu não sofrer ou não passar por essas provações, não aprenderei que a vida é linda, apesar de tudo.
Se você olhar pra mim agora, verá que eu estou chorando, sofrendo por dentro e mais ainda por fora, está meio que explícito essa parte, mas se você me olhar, e me enxergar de verdade, verá que minhas lágrimas escorrem agora, de tristeza, mas de tristeza porque, você não me vê...(não da maneira que eu preciso) se, mas se, por um instante você perceber, que eu tenho esses momentos naturais (para mim) então, verá que eu vivo apesar de tudo, e tento sorrir pra você, mesmo que as lágrimas insistam em cair, mas eu sempre tento não deixar que você perceba essa pessoa sofrida, melancólica que sou, sentimental eu sou não é mesmo...
Quando eu enfim encontrar uma maneira de mostrar que eu consigo, ficar na sua frente, e não chorar, espero que ainda esteja por perto...